Jericoacoara – CE

Jericoacoara está entre as dez praias mais bonitas do planeta segundo o jornal Washington Post, em 1994.

A pequena aldeia de pescadores, 300 km ao norte da capital do Ceará, mudou bastante.
Muitos dizem que para melhor.

Jericoacoara Área de Proteção Ambiental

O vilarejo, que até uma década antes da reportagem vivia quase isolado do resto do mundo. Ganhou novo impulso e se transformou num grande centro de turismo.

Com diversas pousadas, bares e restaurantes, processo semelhante ao que ocorreu em diversos outros pontos do litoral brasileiro.

Jericoacoara, tem o diferencial de estar dentro de uma Área de Proteção Ambiental, de cerca de 200 km², administrada pelo Ibama.

A dificuldade de acesso, por exemplo, continua a mesma, já que a construção de estradas é proibida. Medida tomada por lei para a preservação.

O povoado, que até 1998 tinha lâmpadas alimentadas por geradores, ganhou rede elétrica. Porém toda ela subterrânea, e para suprir apenas as casas.

A noite continua a ser uma das atrações mais bonitas de Jericoacoara. Pois sem postes de iluminação pública para prejudicar, a contemplação do céu oferece incrível visibilidade.

Principalmente na lua-cheia, quando o espetáculo do oceano prateado. Que entre coqueiros de cartão postal, é superado por um mar de dunas imensas, incendiadas pela luz do luar.

Pedra Furada esculpida pelas ondas

Depois da praia, a atração mais célebre do lugar é um enorme arco de pedra esculpido pelas ondas, chamado Pedra Furada.

Uma das especulações sobre a origem do nome da aldeia diz que, em tupi-guarani, Jericoacoara significaria “jacaré quarando ao sol”.

E que a Pedra Furada, vista do mar, seria o olho de um gigantesco jacaré, cujo corpo seria o Serrote. Pequena serra de formato peculiar que fica ao lado da vila.

O fato é que, entre 15 de junho e 15 de agosto, o sol, ao se pôr, encaixa no “olho” da pedra. Atraindo mais gente ainda para o lugar, chamado Região Rochosa.

Onde também há diversas outras formações curiosas, entre as quais se destacam a Pedra do Frade, a Gruta da Malhada e a Piscina da Princesa.

Duna do Pôr-do-Sol onde o crepúsculo ocorrer no oceano

Praticamente durante todo o ano, muita gente sobe a gigantesca Duna do Pôr-do-Sol. Um dos poucos locais do continente brasileiro de onde é possível ver o crepúsculo ocorrer no oceano.

Aliás, devido à sua peculiar posição geográfica, com mar tanto para leste como para oeste. Jericoacoara permite não só assistir o sol se esconder no Atlântico, como dele surgir de manhã.

Lagoa do Paraíso em  Jijoca de Jericoacoara

Uma boa opção de passeio é ir a Camocim, visitar a belíssima Praia de Tatajuba, ou passar o dia em Jijoca e conhecer a Lagoa do Paraíso.

Frequentada por velejadores, e a Lagoa Azul, cujas águas, ótimas para mergulho, impressionam pela transparência.